Assinatura RSS

Ai meus cabelos brancos

Publicado em

Lembro de quando eu era criancinha (porque não falo mais “quando era pequena”), minha mãe penteava meu cabelo e falava “olha, um cabelo branco”, “outro cabelo branco”, “outro cabelo branco” infinitamente, às vezes ouvia um “olha um cabelo vermelho”, mas vermelho eram pouco no topo da cabeça. Aí comecei a pentear meu cabelo sozinha e parei de ver os cabelos brancos (oi, não tenho olho na nuca).

Comecei a pintar o cabelo e um tempo depois minha mãe começou de novo “olha, um cabelo branco”. O problema é que eles tinha se espalhado, antes ficavam só no topo e migraram pros lados da cabeça, atrás das orelhas. Beleza, acostumei.

Domingo (anteontem) to lá feliz terminando de secar o cabelo quando vejo um fio brilhando no alto da cabeça (quase na franja), achei estranho porque minha raíz não é tão clara assim e me deparei com um fio branco! Olhei em volta dele, um tufo! GENTE! UM TUFO! Beleza que eles só andam em grupo, mas pra que se revoltar desse jeito e subir a cabeça tão cedo?

Friends é muito amor .03

Publicado em

 

First name: Crap. Last name: Bag. ;)

Já é natal?

Publicado em

Quando vejo essas fotos  com um pé no natal já sinto aquela vontade de sair comprando presentes e me preparo pra ouvir a voz da Simone por aí.

China Glaze – Party Hearty

China Glaze – Mistletoe Kisses

China Glaze – Mommy Kissing Santa (fotos daqui)

 

Já pode assistir Esqueceram de mim?

Quem assiste, ama (1.1)

Publicado em

Complementando o último post (mas não queria ficar fazendo updates), vídeo do Kurt no Glee dessa semana. Ele canta essa mesma música, e não deixa por menos. A roupa (numa vibe Duas Caras do Batman) é porque o tema do episódio era Duetos, o dueto dele foi com ele mesmo (a Mônica entende =D).

A jogadinha de ombro aos 1:37 é ótima! No filme o Toddy ensinando A Victoria a dançar como travesti e fala que tem que balançar, movimentos abeertos. É MUITO BOM!

Quem assiste, ama!

Publicado em

Tentar fazer isso aqui funcionar. Então, uma tag, pra variar. (rimou!) =)

Victor/Victoria é o melhor filme do mundo. “Uma mulher que se faz de homem que se faz de mulher”. E Julie Andrews, Robert Preston e James Garner. Não preciso falar mais.

Tem que assistir até o final, senão não tem graça. ;)

Supercalifragilisticexpialidocious

Publicado em

Esses dias resolvi assistir meus vídeos do Orkut, ver se tinha algum que não existia mais e talz (acontece…), empolguei no vídeo do filme Victor/Victoria (MELHOR DO MUNDO), abri pelo YouTube e surtei com os 500 mil vídeos com a Julie Andrews. Assisti esse uma 15 vezes (fofo!) e desse vi esse. No vídeo tirado do filme ela diz: You know, you can say it backwards, which is ‘dociousaliexpilisticfragicalirupus’, but that’s going a bit too far, don’t you think? (sabe, você pode dizer ao contrário, fica ‘dociousaliexpilisticfragicalirupus’, mas ai já é um pouco demais, não?) e eu pensei: ué! ao contrário seria suoicodilaipxecitsiligarfilacrepus, né? Ai fui atrás (AHAHA) pra saber por que ao contrário não é ao contrário.

E achei no wikipedia. =D

Supercalifragilisticexpialidocious é uma aglutinação, onde aparece as palavras super/ cali/ fragilistic/ expiali/ docious.

Cada uma dessas  raízes tem um significado: super – above (acima), cali – beauty (beleza), fragilistic – delicate (delicado), expiali – to atone (expiar) e docious – educable (educável).*

Então fica ‘atoning for educability through delicate beauty’, alguma coisa como ‘padecer de educabilidade com beleza delicada’.* (AHAHAHAHA).

O tio que escreveu a letra da música – Richard M. Sherman – supercalifragilisticexpialidocious é uma palavar a ser dita quando não se tem nada a dizer (então tudo a ver com o filme, né?).

E então, na minha dúvida lá de cima, a própria Mary Poppins =D diz que “não é soletrar ao contrário, é DIZER ao contrário”. ;)

*GENTE! Traduções suuper pebas e totalmente sem sentido, viu!

Ahan, né?

Publicado em

Curto muito vegetariana que come carne de frango, peixe e bacon, maionese, manteiga, requeijão, toma leite e só dorme se o travesseiro for de pena de ganso.

SUPER vegetariana. Assim, até eu.

Ou é vegetariana ou não. Não existe isso de ovo-lacto-sei-lá-o-que. Vegetal é vegetal. Como diria o site nempeixe.com.br: peixes são feitos de carne, não dão em árvore.

Update: não come carne mas adora charuto, é só tirar a carne, “o gostinho que fica é ótimo.” O gostinho DA CARNE, né?